|
ESAMS

Notícias


CURSO DE MEDIAÇÃO e CONCILIAÇÃO EXTRAJUDICIAL
Data: 17/11/2018

 

O MEDIADOR BRASIL tem a finalidade de ofertar curso de capacitação de facilitadores (conciliadores e mediadores) com a transmissão de informações teóricas gerais sobre a conciliação e a mediação, bem como vivência prática para aquisição do mínimo de conhecimento que torne o corpo discente apto ao exercício da conciliação e da mediação no âmbito extrajudicial.

O curso será dividido em três módulos. O conhecimento efetivo sobre o conceito e as técnicas utilizadas na Mediação e na Conciliação estabelece uma nova visão sobre a cultura de paz, com a modificação da atitude de competição em cooperação, aquisição de novos valores e comportamentos pelos profissionais.

O conteúdo programático mínimo do curso de capacitação de mediadores e/ou conciliadores está regrado pela Resolução CNJ n. 125 de 29 de novembro de 2010, que dispõe sobre a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário.

O Curso vislumbra a necessidade de conhecimento pelos alunos/facilitadores sobre a consolidação da mediação e da conciliação nas áreas de família, consumidor, vizinhança, propriedade, empresarial, entre outras, como meios adequados de solução de conflitos, incentivando o aperfeiçoamento das técnicas utilizadas nas sessões.

Os alunos/facilitadores vão dispor de toda a infraestrutura de apoio existente no MEDIADOR BRASIL, constituída por sala refrigerada com capacidade para abrigar até 30 pessoas; sala para simulação e wi-fi em toda área de estudo. Ainda, as aulas do curso de formação e capacitação de mediação extrajudicial serão realizadas por meio de tela de ensino com projetor dinâmico que aumenta a Página 2 de 22 flexibilidade e a interatividade das aulas com um tamanho de ecrã escalável e uma vasta gama de funcionalidades sofisticadas.

Os alunos/facilitadores terão uma visão perfeita em qualquer ponto da sala, podendo contribuir diretamente no ecrã e participar com os próprios dispositivos inteligentes. Ainda, a tela interativa oferece aos instrutores a liberdade de criar experiências de aprendizagem digital, que vão ao encontro das expectativas dos estudantes, para promover a participação de uma aprendizagem eficaz. Para participar do curo de mediador e conciliador extrajudicial entre particulares como meio de solução de conflitos, há necessidade do preenchimento dos seguintes requisitos para seleção dos inscritos, tais como: I – possuir conhecimento cognitivo; II – ser civilmente capaz; e III – ter compromisso.

CURSO ESAMS 2016
MÍDIAS SOCIAIS